A primeira instituição financeira cooperativa do Brasil

Sicredi
07 / 05 / 2020

12 dicas para reorganizar as finanças e economizar

Por Sicredi

Estamos vivendo um momento delicado e queremos ajudar você a economizar e colocar as suas finanças em dia. Afinal, seria ótimo ter uma preocupação a menos agora. Além dos 10 mandamentos para uma vida financeira saudável que você já viu, separamos mais dicas para cooperar com a sua vida financeira. Confira:

 

1) Reorganize o orçamento

Com a família mais tempo em casa, é inevitável que algumas despesas aumentem, como a conta de energia elétrica. Mas é importante estar atento ao fato de que é preciso gastar menos do que se ganha. Coloque no papel o que é prioridade e o que dá para ser cortado, como os pacotes de TV, celular e internet, que podem ser renegociados ou ajustados para uma versão mais básica.

 

2) Compre de forma consciente

Organize a sua despensa e faça lista de compras, o que ajuda a otimizar gastos, evitar compras por impulso e diminuir o tempo fora de casa. Uma ótima alternativa é comprar dos pequenos negócios da sua região. Além de ser mais perto, é uma forma de fortalecer a economia local. Vários estabelecimentos estão fazendo entrega em casa sem custo. Vale perguntar e conferir.

 

3) Atenção às compras online

No momento, existem muitas oportunidades de consumo, mas tenha cuidado, pois a facilidade de fazer isso em alguns cliques pode gerar compras desnecessárias. Escolha sempre sites seguros e confiáveis. Para isso, você pode consultar alguns portais, como o Reclame Aqui, para descobrir se existe alguma reclamação sobre a loja. Lembre-se também de nunca repassar seus dados a estranhos.

 

4) Cuidado com a tentação das promoções

Compre apenas o que precisa e não porque um produto está em promoção. Nem sempre, o valor é vantajoso: pesquise preços em sites que fazem comparações, como o Buscapé. E, antes de comprar, pense se realmente precisa do produto. É muito importante ter clareza de quais são as suas prioridades neste momento.

 

5) Pratique uma vida financeira mais simples

Faça escolhas mais em conta, principalmente se não tem uma reserva financeira. Será que não é melhor adiar uma compra e guardar esse dinheiro? Coisas simples, como trocar a tele-entrega pela comida caseira, também ajudam a manter o orçamento em dia – e não tem nada melhor do que aquela receita que lembra a sua família.

 

6) Adie pagamentos, quando possível, e renegocie dívidas

Faça do calendário seu amigo e, se possível, adie pagamentos. Caso seja inevitável “sortear os boletos” para pagar, pense em prioridades de acordo com multa, juros e dívida que não pode ser prorrogada. Você também pode tentar um acordo com a instituição com a qual tem o débito. Seja cauteloso e previna um possível endividamento com aluguel, prestações da casa ou do carro e empréstimos. Converse com sua instituição financeira para ter alternativas neste momento.

 

7) Busque fontes de renda alternativas

Caso não possua renda no momento, confira se você está nos critérios para receber o auxílio emergencial e faça o seu cadastro para o benefício. Se você deseja indicar o Sicredi para receber o auxílio, independentemente de ser ou não nosso associado, pode tirar suas dúvidas de como funciona aqui. Caso tenha alguma ideia para empreender, esta pode ser uma boa hora de colocá-la em prática, assim como as pessoas que estão vendendo máscaras de pano, por exemplo.

 

8) Antecipe suas receitas

Está sem grana para pagar as contas? Então, veja se é possível antecipar férias, Imposto de Renda ou 13º salário. Se for preciso pegar crédito, escolha os que têm juros mais baixos. Mas, antes disso, tente conseguir um empréstimo com amigos e familiares, com uma flexibilidade maior na hora de pagar. Esse é um jeito de dar conta das despesas que não podem esperar.

 

9) Seja criativo

Use a internet para encontrar maneiras de fazer renda extra. Fique atento às novas habilidades que pode desenvolver para gerar negócios em curto prazo. Aproveite sua criatividade para aprender mais e incrementar sua renda.

 

10) Mantenha a calma

Se perdeu sua fonte de renda, o que você precisa agora é controlar ainda mais as finanças. Faça um levantamento do que tem a receber ou já possui na conta, como férias, 13º salário, aviso prévio etc., e considere isso para os próximos meses, adequando à sua nova realidade. Veja o procedimento para a entrada no seu seguro-desemprego e agilize o recebimento.

 

11) Venda o que você não precisa mais

Este é o momento para vender o que você não usa mais. Vale roupas, acessórios, eletrodomésticos etc. Você pode divulgar em grupos nas redes sociais, nos contatos do WhatsApp ou usar o Sicredi Conecta. Ele é um aplicativo de compra e venda de produtos e serviços para os nossos associados e pode ajudar a conseguir uma grana extra. Para saber se ele está disponível na sua região ou conhecer mais sobre a plataforma, clique aqui ou consulte sua cooperativa. E, na hora de fazer as entregas, respeite as regras de isolamento e de cuidados com a saúde da sua cidade.

 

12) Se possível, faça um investimento

Se você está tranquilo com as finanças, aproveite para investir sua reserva em opções de baixo risco e muita liquidez. No Investindo Juntos, você tem um simulador que ajuda a identificar o seu perfil de investidor. O ideal em momentos de crise é ter uma reserva que cubra suas despesas por 12 meses. Se possível, tenha uma reserva de oportunidade para multiplicar o seu dinheiro, já que, em períodos assim, podem aparecer possibilidades de negócios.

 

Cuide de você e da sua família e conte com a gente. <3

Tags:
COOPERAÇÃO NA WEB
comments powered by Disqus